sábado, 11 de abril de 2009

ADVOGADOS(AS) ADIAMENTO DE ACTOS PROCESSUAIS EM CASO DE MATERNIDADE, PATERNIDADE E LUTO

LIDO NO EXPRESSO

Justiça: Advogados vão poder adiar actos processuais por maternidade, paternidade ou luto
Lisboa, 09 Abr (Lusa)

O Governo aprovou no dia 9 de Abril um decreto que consagra o direito das advogadas e dos advogados ao adiamento de actos processuais em que se preparem para intervir se estiverem em situação de maternidade, paternidade ou luto.
Enviar um comentário