terça-feira, 18 de março de 2014

SEMINÁRIO - OS DIPLOMATAS PORTUGUESES DURANTE A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

SEMINÁRIO | OS DIPLOMATAS PORTUGUESES DURANTE A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL



21 março | 9h30 | FEUC (Sala Keynes)

OS DIPLOMATAS PORTUGUESES DURANTE A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

Esta conferência procura abordar o papel de diplomatas portugueses, nos tempos sombrios da II Guerra Mundial e do Holocausto, revelando a ação, entre outros, de Veiga Simões, ministro de Portugal em Berlim, em 1939, Aristides Sousa Mendes, cônsul em Bordéus, em 1940, bem como de Teixeira Branquinho e Sampaio Garrido, diplomatas na Hungria, em 1944. De que forma procuraram salvar judeus e outros perseguidos políticos do nacional-socialismo alemão, num contexto de fecho das fronteiras na Europa, incluindo Portugal? - é a principal pergunta à qual diversos historiadores se propõem responder.

PROGRAMA

MANHÃ | SALA KEYNES
Moderação:  Maria do Carmo Vieira
10 h – Abertura em nome da FASM, Universidade de Coimbra, com agradecimentos à Fundação Calouste Gulbenkian
10, 30 h - João Paulo Avelãs Nunes: «“Portugal não quer voltar a ter um problema judaico”. Reflexões acerca do antisemitismo em Portugal na primeira metade do século XX»
10, 50 h - Cláudia Ninhos: «“Para que Marte não afugente as Musas”. Ideologia, Cultura e Ciência ao serviço das relações luso-alemães durante a Guerra e o Holocausto»
11, 10 h - Pausa para café
11, 30 h - Daniela Nascimento, «A influência dos Direitos Humanos na Diplomacia Portuguesa durante a II Guerra Mundial»
11,50 Ansgar Schaefer, «Portugal perante “o perigo de uma invasão de indesejáveis”. O agravamento do regime de vistos de entrada em Portugal na sequência da anexação da Áustria.»
12, 10h – Debate

Tarde | SALA KEYNES
Moderação: Daniela Nascimento
14, 30 h - Lina Madeira, «Alberto Veiga Simões e o ofício de 23 de Novembro de 1938. O texto, o contexto e o hipertexto»
14,50 - Avraham Milgram, «Os ‘Estados Novos’ do Brasil e de Portugal e seus diplomatas face à perseguição dos judeus durante o Holocausto»
15, 10 - Sofia Leite, «”A lista de Chorin". Reportagem sobre o resgate de uma família de judeus húngaros, e à sua margem, a actuação dos diplomatas portugueses em Budapeste»
15,30 – Debate
16 - Fecho e balanço, Irene Pimentel, «O papel de Aristides de Sousa Mendes e de outros diplomatas portugueses durante a II Guerra Mundial»

Org: Fundação Aristides de Sousa Mendes, Reitoria da UC, Faculdade de Economia da UC.
Apoio: FCG

Administração da Faculdade de Economia da UC
+351 239 790 512



Enviar um comentário