sábado, 2 de abril de 2016

Crianças no Brasil: quando as crianças adotam do discurso do ódio

No Brasil, os recentes factos e a onda de extremismo que se verifica de um lado e de outro tem-se propagado também às crianças.

agradeço a Telmo Kiguel ter-me dado a conhecer este texto abaixo.


Professora de filosofia analisa o que leva crianças a hostilizarem umas às outras por motivações partidárias e as consequências disso para a sociedade.
Em São Paulo, um menino de 9 anos foi xingado e ameaçado por seus colegas de escola por usar uma peça da cor vermelha – era uma camiseta com a bandeira da Suíça. Um pai publicou em uma rede social, orgulhoso, o desenho que seu filho criou na aula de artes – Dilma e Lula, lado a lado, acompanhados por mensagens que pedem a morte dos dois. Em outra escola, uma adolescente se sente isolada pelos amigos e luta contra professores para ter o direito de defender o capitalismo e outras posições à direita.
Enviar um comentário